APRENDER NO MUSEU

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3

APRENDER NO MUSEU

O Serviço Educativo do Museu da Chapelaria recebe alunos e professores, mediante marcação prévia, sendo o acompanhamento realizado por monitores especializados que orientam a visita e as oficinas de acordo com a idade e o nível de escolaridade dos visitantes.
Para que a visita tenha o sucesso esperado é necessário existir uma estreita colaboração entre os técnicos do Serviço Educativo e os professores acompanhantes, pelo que se sugere que o professor desenvolva primeiramente uma visita preparatória ao Museu da Chapelaria.

 

Em função dos públicos e dos interesses didático-pedagógicos, disponibilizamos as seguintes tipologias de atividades:

1. Visita guiada - constituída apenas pela visita guiada à exposição permanente e/ou temporária. Esta visita pode ser geral ou temática.

2. Visita guiada + oficina - constituída pela visita à exposição permanente e/ou temporária seguida da realização de uma oficina de trabalho previamente escolhida.

3. Oficina – este módulo consiste na realização de um atelier escolhido pelo visitante no espaço destinado ao Serviço Educativo.

PROGRAMAS PEDAGÓGICOS

PROGRAMAS PEDAGÓGICOS

Com o objetivo de atender à grande diversidade de necessidades e expetativas dos visitantes, concebemos diferentes programas pedagógicos:

 

Programas para grupos escolares, destinados especificamente a Educação Pré-escolar, 1º, 2º, 3º Ciclos de Ensino Básico, Ensino Secundário e Ensino Superior; Educadores, professores e formadores.

 

Programas abertos ao público, dirigidos a diferentes idades e tipos de grupos, desde, crianças dos 3 aos 5 anos, crianças e jovens com necessidades educativas especiais (NEE’S), grupos de adolescentes e jovens adultos, famílias e adultos.

VISITAS AO MUSEU

VISITAS TÉCNICAS | DOCENTES

VISITAS TÉCNICAS | DOCENTES

Os professores poderão fazer uma visita preparatória ao Museu da Chapelaria. Esta visita pretende estabelecer e definir os interesses culturais e pedagógicos do professor e adaptar os conteúdos da visita a esses mesmos interesses. O Museu disponibiliza um dossier pedagógico para preparação da visita junto dos seus alunos e para exploração posterior de conteúdos e ações pedagógicas.
As visitas preparatórias são gratuitas para o professor e devem ser reservadas com antecedência.

O MUNDO MÁGICO DOS CHAPÉUS

O MUNDO MÁGICO DOS CHAPÉUS

Para quem nunca visitou o Museu recomendamos que escolha a visita geral que apresenta o mundo mágico do fabrico de chapéus. A visita começa mesmo antes de entrar no Museu, quando os visitantes são convidados a conhecer os “Unhas Negras” que os aguardam no exterior do edifício. Aqui começa então a ser contada esta grande História que marcou o processo de industrialização em Portugal no início do século passado.
Públicos: famílias, públicos escolares, adultos…

A PÉU MOSTRA

A PÉU MOSTRA

Era uma vez a menina Péu... A Péu vive num lugar especial chamado Museu que guarda histórias mágicas de chapéus…
Personagem inspirado nos contos de fadas, a Péu leva as crianças a descobrirem o espaço museológico de forma simples, transformando a visita ao Museu numa experiência inesquecível!
Públicos: grupos de alunos do pré-escolar.

OS ATORES SOMOS NÓS

OS ATORES SOMOS NÓS

Nesta visita, os alunos passam de meros espetadores a atores principais, ajudando a construir uma história baseada em factos verídicos. Bigodes, bengalas, aventais e até uma cartola tornam esta visita numa experiência única, onde, de uma forma lúdica, se descobrem as histórias da Empresa Industrial de Chapelaria.
A visita pode incluir a realização de jogos lúdico-pedagógicos ou oficinas de trabalho.
Públicos: 1º e 2º ciclos do ensino básico, Seniores

SABES COMO SE FAZ UM CHAPÉU?

SABES COMO SE FAZ UM CHAPÉU?

De forma lúdica e interativa, as crianças são convidadas a descobrirem o processo de fabrico do chapéu de feltro.
Nesta tipologia de visita os participantes são desafiados na sua criatividade e imaginação, tendo acesso sensitivo a matérias-primas, ferramentas e máquinas.
Esta visita é complementada com uma oficina que levará as crianças a testar diversas matérias-primas e ferramentas…

Públicos: séniores

UMA CIDADE DE CHAPÉUS

UMA CIDADE DE CHAPÉUS

Esta visita começa com uma abordagem à história local por intermédio da qual é feita a contextualização da importância social, económica e cultural da indústria chapeleira em Portugal. Numa fase posterior, os visitantes são confrontados com a evolução tecnológica desta indústria, desde a sua fase mais artesanal até aos dias de hoje. Este tipo de visita é complementado com uma oficina.
Públicos: 2º e 3º ciclos e ensino secundário

INDUSTRIALIZAÇÃO PORTUGUESA

INDUSTRIALIZAÇÃO PORTUGUESA

Compreender o processo de industrialização português e a consequente transformação dos territórios humanos e geográficos é o objetivo desta visita que pode ser complementada com uma visita a unidades produtoras de chapéus ainda em funcionamento.
[Mediante a disponibilidade das Empresas associadas e em articulação com o Turismo Industrial. Grupos não superiores a 15 pessoas]
Públicos: 3º ciclo e ensino secundário

A HISTÓRIA DOS CHAPÉUS

A HISTÓRIA DOS CHAPÉUS

Esta visita (adaptada a diferentes faixas etárias) é constituída por dois momentos diferentes:
1º: visita às exposições de longa duração do Museu, por intermédio da qual é explicada a forma de produção de um chapéu e a sua evolução no tempo;

2º: sessão realizada no auditório para apresentação, explicação e debate em torno da História do Chapéu e do seu papel social e cultural.
Públicos: todos os graus de ensino

MUSEÓLOGO POR UM DIA

MUSEÓLOGO POR UM DIA

A Educação Patrimonial é fundamental para a preservação do património cultural. Nesta visita o participante fica a conhecer os princípios básicos de conservação e restauro e tem a oportunidade de os aplicar numa situação prática. Pretende-se sensibilizar o visitante para a importância do património cultural, de forma a permitir o seu desenvolvimento enquanto cidadão responsável e participativo.
Públicos: Ensino secundário e cursos profissionais

OFICINAS PEDAGÓGICAS

ESTE É O MEU DESENHO

ESTE É O MEU DESENHO

Ovelhas, coelhos e castores… com o pelo deles podemos fazer belíssimos chapéus.
Nesta oficina pedagógica, os visitantes são convidados a recriar a pelagem de um destes animais através de diferentes técnicas de pintura e colagem e usando os mais variados materiais recicláveis.

ANIMAIS FELPUDOS

ANIMAIS FELPUDOS

Sabias  que com o pelo do coelho e com a lã da ovelha se podem fazer chapéus de feltro?
Partindo do reaproveitamento de materiais têxteis e dos conteúdos da exposição de longa duração, os visitantes são desafiados a dar asas à sua imaginação e a criar o seu coelho ou ovelha de estimação.

AS CORES QUE NASCEM

AS CORES QUE NASCEM

Azul, Amarelo, Verde e Vermelho… são cores que todos conhecemos. Mas como se formam?
Partindo dos catálogos de cores usados no laboratório da tinturaria da Empresa Industrial de Chapelaria, o visitante vai conhecer o círculo cromático das cores e suas cores primárias, secundárias e terciárias, para depois criar o seu próprio catálogo de cores.

CHAPÉUS COM PERSONALIDADE

CHAPÉUS COM PERSONALIDADE

Quem não conhece o chapéu de chef? E o do Bombeiro, ou o do Polícia, o da Bruxa ou da princesa ou até o dorminhoco? São imensos os chapéus que nos levam para o lado do sonho e da fantasia.
Nesta atividade pedagógica, depois de realizar a visita orientada às exposições do Museu, cada visitante selecionará um chapéu para encarnar a sua personagem, dando origem a um divertido jogo.

A GEOMETRIA DAS MÁQUINAS

A GEOMETRIA DAS MÁQUINAS

Com retângulos, triângulos, losangos e muitas outras formas geométricas vamos construir estranhas máquinas.
Nesta oficina os visitantes são desafiados a (des)construir, com o seu olhar, uma máquina e, através da conjugação de diferentes formas e cores, são levados a (re)construir a mesma máquina… ou talvez não!

DESENHA A TUA HISTÓRIA

DESENHA A TUA HISTÓRIA

Tens imaginação e desenhas bem? Então esta é a tua oportunidade de o mostrar...
Durante esta oficina, os visitantes são convidados a criar e desenvolver uma fantástica aventura para uma divertida personagem que vive rodeada de máquinas e coelhos… e que nunca, mas mesmo nunca larga o seu chapéu!

IMPRESSÕES DE CORES

IMPRESSÕES DE CORES

Partindo da exploração de alguns documentos publicitários da chapelaria e das chapas de grifagem da empresa, os visitantes são desafiados a usar a sua visão criativa e diferentes técnicas manuais para, através de peças em relevo, darem forma à sua própria publicidade.

POSTAIS 3D

POSTAIS 3D

Partindo dos conteúdos das exposições do Museu, os visitantes serão desafiados a construir e decorar um postal a três dimensões que, mais tarde, poderão enviar a quem quiserem.

O CHAPÉU DO SÉCULO XX… E… II

O CHAPÉU DO SÉCULO XX… E… II

O que seremos daqui a cem anos? Num mundo que se encontra em constante evolução, o que irá mudar? E como serão os nossos chapéus? Qual poderá ser o seu formato? Com que materiais será fabricado? Quais as suas cores e padrões?

Estas são apenas algumas das questões com que os visitantes serão confrontados quando forem desafiados a idealizar, de forma crítica e criativa, como serão os chapéus do futuro.